Notícias

Newsletter Junho 2010

Nesta edição: notícias da AMURT Portugal, novidades do Haiti, o projecto dos fantoches de dedo no Perú, e mais…

AMURT Newsletter
nº 2, Junho de 2010

AMURT Portugal

Reconhecimento e registo da AMURT como ONGD em Portugal

Após alguns meses de espera, no passado dia 17 de Maio o IPAD (Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento) / Ministério dos Negócios Estrangeiros concedeu à AMURT Portugal o estatuto de ONGD, nos termos do artigo 8º, da Lei nº 66/98, de 14 de Outubro, por um período de dois anos.

Para além de outras disposições que irão facilitar o trabalho desta associação, o art. 13º do referido estatuto prevê que seja aplicado aos donativos concedidos à AMURT, o regime de mecenato cultural previsto nos Códigos de IRS e IRC. Esperamos assim continuar a melhorar e acelerar o trabalho da AMURT em Portugal.

A AMURT-Portugal colabora com uma empresa produtora de fantoches peruana, a Machu Picchu Stars

O projecto começou no ano 2000, com um orçamento de 6 dólares e trabalho voluntário. Em 2003 o projecto cresceu e foi concretizado um dos objectivos iniciais do mesmo: empregar pessoas pobres, ou incapacitadas, de Lima tendo sido contratadas 5 senhoras surdas.

Foi criada uma empresa chamada “Machu Picchu Stars Peru”, que vende mais de 10.000 fantoches de dedo por ano, não só em Lima, mas também em outros países, como Suécia, Itália, Inglaterra, Alemanha, Brasil, Venezuela, Colômbia, Taiwan, Japão e Estados Unidos da América. A diversificação do negócio é real: a empresa produz também roupa para crianças. Assim estão empregadas 10 pessoas com incapacidade auditiva, o que lhes permite subsistir mais condignamente sentindo-se úteis para uma sociedade que não emprega ou educa os surdos, visto que a surdez, e as consequências sociais que daí advém, nomeadamente as dificuldades de comunicação, aprendizagem e relacionamento, são um entrave à contratação destas pessoas.

Num esforço para empregar mais surdos, a organização começou a construção de uma oficina de trabalho e um centro de formação de trabalhadores, empregando exclusivamente estas pessoas, em Janeiro de 2010. O 1º andar está quase completo, mas faltam os fundos para a construção do 2º andar, que permitirá que 34 pessoas recebam formação e sejam empregadas. Para isto são necessários 15 mil dólares, que poderão chegar através de doações ou empréstimos, que serão pagos num máximo de 2 anos.

Se estiver interessado em comprar alguns fantoches, por favor contacte-nos! Temos descontos para quantidades e enviamos a sua encomenda por correio. http://www.amurt.pt/node/38

Uma Experiência de Voluntariado por Susana Machado

A decisão de me tornar voluntária surgiu pouco tempo depois da adopção de uma criança do então SOS Índia. O projecto pareceu-me interessante e a flexibilidade do trabalho voluntário, que normalmente não se encontra em outras organizações, foi um ponto decisivo para a minha escolha. Para além da recompensa de estar a ajudar os outros, o meu trabalho como voluntária ajudou-me a sentir-me útil e motivada, quando estive desempregada. Durante estes anos, tenho tido a oportunidade de ver a AMURT crescer em Portugal e de, sem dúvida, crescer com ela enquanto pessoa, sentindo como se fossem também minhas as conquistas que temos alcançado. Nem sempre é fácil… nem sempre há a mesma disponibilidade de tempo e até mesmo vontade mas, independentemente da liberdade de acção que tenho, o voluntariado é um compromisso que assumi comigo própria e, ter a noção de que há tarefas e pessoas que dependem daquilo que eu faço, motiva-me a dar mais de mim.

AMURT Internacional

Resposta ao Terramoto no Haiti – as crianças

A AMURT, em parceria com a “Kinder not Hilfe” e os Serviços de Assistência Católicos, gerem dez espaços destinados a 4 000 crianças em Port-au-Prince. O objectivo dos centros é ajudar as crianças afectadas pelo terramoto a restaurar a normalidade e melhorar o bem-estar geral nas suas vidas com apoio psicossocial e educacional. Para além destas actividades, elas também recebem refeições.

O trabalho de desenvolvimento comunitário
A AMURT iniciou suas operações no Haiti em 1988, quando abriu uma escola debaixo de uma árvore em Port-au-Prince. Desde então AMURT cresceu para incluir cerca de 80 funcionários em tempo integral e formação de cinco equipas que trabalham em áreas tão diversas como a saúde da comunidade, recuperação ambiental, infra-estrutura, educação e muito mais. Entre 2004 e 2007, a ONG conseguiu sozinha mais de 2 milhões de dólares de ajuda internacional, tornando-se uma das forças dinâmicas da mudança no noroeste do Haiti Para melhor compreensão dos nossos programas, por favor ver os nossos projectos passados e presentes no “site”: www.amurthaiti.org.

Ser sócio da AMURT

Ao tornar-se sócio da AMURT está a ajudar-nos a ajudar quem mais precisa. Os sócios beneficiam da possibilidade de obter descontos na participação em actividades ou eventos especiais organizados pela AMURT e também na aquisição de produtos disponibilizados pela associação. Podem ser associados pessoas singulares, maiores de 18 anos, e pessoas colectivas com interesse na prossecução dos objectivos da AMURT.

Jóia de admissão: 30€
Quota Mensal: 5€

Para se tornar sócio visite a página http://www.amurt.pt/ser-socio

Conhecendo mais sobre… a Índia

O sub-continente indiano é formado por três grandes regiões: a norte a barreira montanhosa dos Himalaias; a sul a planicie formada pelos grandes rios Ganges, Indo e Brahmaputra e a peninsula do Decã, no sul, o que resulta numa grande riqueza morfológica, vegetativa, que se reflecte em termos de património natural. A Índia é constituída por 28 estados federados e 6 territórios, distribuídos por uma área de 3 287 263 km2. É um dos países mais populosos do mundo, albergando uma diversidade de etnias, grupos religiosos e línguas, factores que por diversas vezes estão na base de conflitos e tensões, como a de Cachemira. Milhões de pessoas vivem em situação de pobreza e injustiça derivada, em parte, do sistema de castas. A taxa de alfabetização não ultrapassa os 52% e a esperança média de vida os 64 anos. O sistema económico, até há alguns anos essencialmente rural, é actualmente uma mescla de actividades agrícolas, indústrias modernas e serviços de apoio, tratando-se de uma economia em expansão, na qual é já possível encontrar mão-de-obra altamente qualificada, nomeadamente no sector da alta tecnologia.

Expansão do Projecto SOS – Adopção à Distância

Com a recente possibilidade de efectuar adopções à distância de escolas, o Projecto SOS – Adopção à Distância conta agora com duas modalidades: A Adopção de Crianças e a Adopção de Escolas. Para saber mais sobre este projecto, consulte a página http://www.amurt.pt/adopcao-a-distancia.

Oportunidades de voluntariado

Para todos aqueles que pretendem enriquecer a sua experiência pessoal, a AMURT oferece várias oportunidades de voluntariado, em Portugal e no Mundo. A nível internacional, destacamos a necessidade de uma pessoa com bons conhecimentos de inglês e experiência de trabalho com crianças e jovens, para a Namaskar Primary School, no Gana, entre Maio e Julho.

Novo NIB para adopções à distância Tendo em conta o crescimento do Projecto SOS – Adopção à Distância, a AMURT abriu uma nova conta para receber unicamente os donativos que se destinam à ajuda das crianças. Se tiver transferências agendadas com o seu banco, por favor actualize a informação do novo NIB:
0035 2168 00020600530 24
Acompanhe as nossas actividades através do Facebook ou do Twitter!
A AMURT no Facebook A AMURT no Twitter!

AMURT – Associação de Apoio Social e Humanitário
Rua Visconde de Santarém, nº 71 3º andar, Sala 1 1000-286 Lisboa

 
adminNewsletter Junho 2010