Notícias

Actualização e perspectiva geral do trabalho no Haiti

INÍCIO DOS ESFORÇOS DE AUXÍLIO – PRIMEIRA RESPOSTA

A equipa da AMURT Haiti, com experiência de situações semelhantes, estava já no terreno quando o sismo atingiu o Haiti, em Port-Au-Prince e no Noroeste de Arbonite. A resposta da nossa equipa foi imediata e com grande impacto, com base no seu Plano de Resposta para Gestão de Emergências, desenvolvido conjuntamente com a comunidade de Gonaives nos dias e semanas após os terramotos de 2008, enfrentando inúmeras deslocações, comunicações e desafios. A AMURT & AMURTEL, nos primeiros sete dias após o desastre, apoiaram mais de 15 mil residentes, disponibilizando diariamente clínicas médicas móveis, cozinhas com sopa quente e distribuindo alimentos. As primeiras acções consistiram em transferir alimentos, serviços médicos, água, e bens não alimentares das grandes organizações de ajuda humanitária para os grupos comunitários mais pequenos que estão melhor posicionados, para facilitar a distribuição efectiva dos bens. Os produtos transportados em camião, chegaram no último sábado, através da República Dominicana. A intervenção inicial dirigiu-se aos mais afectados pelo sismo, transportando os feridos e bens necessários para os hospitais, e assistindo os residentes nos bairros de lata de Boudon, Cite O’Kay e Cite Jereme. 

 

CONTINUAÇÃO DO AUXÍLIO 

 

Alimentação

Durante muitos anos a AMURT-Haiti tem sido um dos principais colaboradores na Campanha de Alimentação Mundial (World Food Program), providenciando alimentação de emergência e projectos de desenvolvimento ligados à "alimentação em troca de trabalho", tanto em Port au Prince como no Noroeste de Arbonite. A 20 de Janeiro as duas agências assinaram um contrato aberto de gestão de emergência, que autoriza a AMURT e AMURTEL a distribuir alimentação aos seus colaboradores no local. A AMURT e AMURTEL já iniciaram a sua primeira campanha de distribuição de alimentos, dando inicialmente  prioridade a orfanatos, campos de refugiados, favelas, grupos locais de caridade e organizações comunitárias. Durante a primeira semana, a distribuição incluirá 15 toneladas de arroz, feijão, comida enlatada e óleo, para aproximadamente 20.000 residentes das áreas de Boudon, Cite O’Kay e Cite Jereme.  Esta acção aumentará nas próximas semanas e será incluída a população destas áreas, que é de 40.000 pessoas.  A AMURT e AMURTEL estão também a preparar os seus parceiros locais nas áreas de Delmas e Boudon, para gradualmente aumentarem esta distribuição e incluir 60.000 pessoas por mês, durante um período de 3 meses. A meta da NGO é a transição de distribuição de alimentação de emergência para um programa de "alimentação em troca de trabalho" durante o período de intervenção de 3 meses.

Auxilio médico

A AMURT-Haiti tem estado a dar auxilio médico através de clinicas móveis às comunidades do vale de Boudon, auxiliando as zonas mais isoladas e devastadas. Em Delmas, a AMURT & AMURTEL estão a trabalhar em colaboração com as equipas locais da comunidade a dar auxilio logístico dentro do necessário, transporte de medicamentos e doentes e auxiliando os voluntários médicos que estão a começar a chegar em grandes números. No dia 24 de Janeiro, a nossa primeira equipa médica AMURT&AMURTEL vai chegar para providenciar auxílio através de clínicas móveis nas áreas de Delmas e Boudon. A equipas vão ter turnos de uma semana ou duas. Nas próximas semanas, a AMURT & AMURTEL vão continuar a aumentar o apoio dado as suas equipas locais, para assegurar que as ajudas chegam a tempo, que são direccionadas para quem mais precisa e que ninguém fica sem assitência médico.

Sustentabilidade Ecologica

Em simultâneo com a ajuda de emergência, a AMURT-Haiti esta a manter e fortalecer soluções de desenvolvimento sustentável para os problemas históricos e desafiantes do Haiti. A este respeito, em colaboração com os seus parceiros de longa data "Trees, Water, People", a AMURT e AMURTEL vão trazer mais de 300 fogões ecológicos, que são uma solução de fogões de baixo custo e sustentáveis que usam aparas de madeira e ramos. A AMURT e AMURTEL estão a iniciar um curso de utilização destes fogões para as comunidades em Boudon e Delmas, ajudando desta forma a mitigar o impacto ambiental do desastre. Os fogões permitirão as comunidades locais gerir cantinas em massa para os grupos vizinhos mais vulneráveis – crianças, idosos, doentes e pessoas com deficiências.

Comunidade

A  maior força da AMURT-Haiti tem sido sempre o desenvolvimento, formação e comunicação com lideres e entidades locais. A AMURT e AMURTEL têm feito um esforço para continuar este trabalho através da verificação das necessidades  e capacidades diárias, a organizar fóruns nas comunidades e a implementar estratégias para tomadas de decisões que sejam eficientes, sistemáticas e abrangentes. Os nossos voluntários da comunidade têm estado a cobrir as áreas afectadas perto das nossas duas bases em Boudon e Delmas, identificando as entidade líderes e tentanto coordenar os programas de distribuição de alimentos em curso. Logo que se crie alguma estabilidade no terreno, a próxima fase – que se prevê começar em duas semanas – será a iniciação de conselhos de coordenação regional que manterão contactos com as comunidades locais. O objectivo deste processo é o de colmatar ausências de comunicação e coordenação inerentes na resposta em larga escala a desastres e o de preparar a implementação de uma fase de recuperação sustentável suportada pelo comunidade local. 

Educação

Actualmente, a AMURTEL tem a funcionar duas escolas da Ananda Marga com mais de 200 alunos em cada escola. Uma escola funciona na cidade fronteira de Anse a Pitre e a outra em Bourdon, Port au Prince. Ambas têm agua potável e comida. Um dos edifícios funciona também como centro de comunicação. O pessoal e voluntários da escola AMURT de Bourdon estão a distribuir comida cozinhada e têm a funcionar também um hospital temporário que já atendeu mais de 1000 doentes.

Recuperação

AMURT e AMURTEL vão continuar a alinhar esforços imediatos e a longo-termo no sentido dos direitos humanos num quadro de dar poder as comunidades locais, auto-determinação e construção da capacidade de liderança. Com os seus parceiros de longo-termo, a AMURT começou a planear programas de longo prazo sustentáveis focando-se em reforçar estratégias de descentralização, sustentabilidade e de auto-suficiência das comunidades, tão criticas para o futuro do Haiti.

adminActualização e perspectiva geral do trabalho no Haiti